As ilhas Gili são um conjunto de 3 ilhas indonésias: Gili Trawangan, Gili Meno e Gili Air, que ficam perto da costa de Lombok, a 2 horas de barco rápido de Bali. Com mar cristalino, ruas de areia ou pouco calçadas, bares e restaurantes com mesinhas e puffs na areia e hotéis charmosos, as ilhas Gili são aquele paraíso ainda perdido e pouco descoberto pela massa turística, embora chineses e australianos estejam lá aos montes. Um lugar pra relaxar, contemplar a natureza, curtir um happy hour ao pôr do sol, comer camarões gigantes e baratos, sem stress, num clima total de paz e tranquilidade, numa vibe indescritível ! Veja porquê eu me apaixonei pelas Ilhas Gili.

Gili TrawanganQual ilha Gili escolher para se hospedar?

Pra começar, a maior dúvida que a gente tem quando começa a planejar uma viagem para as ilhas Gili é: qual das 3 ilhas Gili escolher para se hospedar? Eu confesso que não demorei muito pra decidir nos primeiros relatos que encontrei com as diferenças entre elas e optei pela ilha de Gili Trawangan.

Gili Trawangan
A cor deste mar é surreal!

Isso porquê Gili Trawangan é a maior das 3 Ilhas Gili e, portanto, a que conta com maior estrutura, mas ainda assim, é bastante pequena e rústica, com apenas 15 km2. Dá pra dar a volta na ilha de bicicleta em 2 a 3 horas, parando ainda para fotos e para nadar nos vários pontos convidativos de mar azul que encontramos pelo caminho.

Indonesia_Gili_Trawangan_0052Indonesia_Gili_Trawangan_0049

As ruas ainda são pouco calçadas, muitas vezes a areia predomina e temos até que descermos da bike em alguns momentos para não ficarmos “atolados”. Ao longo de toda a ilha, principalmente na região próxima ao porto, encontramos pequenos restaurantes e barzinhos pé na areia, hotéis e pousadas de charme, com suas piscinas convidativas, diversas operadoras de mergulho, lojinhas e alguns mercadinhos.

Indonesia_Gili_Trawangan_0394 Indonesia_Gili_Trawangan_0384Até pouquíssimo tempo atrás, água doce era raridade na ilha e apenas alguns poucos hotéis tinham esta comodidade, logo, tomava-se banho e escovavam-se os  com água do mar (ninguém merece). Agora a coisa já mudou e a ilha conta com água encanada desde Lombok.

Pelo que vi, nas outras ilhas também já tem água doce disponível.

Gili Air é a segunda maior das Gili. Também tem estrutura, mas menos que Trawangan. As ruas são todas de areia, os bares e hotéis mais escassos, embora tenha até achado bem servido. A diferença para Trawangan é que é menos badalada.

Indonesia_Gili_Trawangan_0343
Gili Air

Gili Meno é a menorzinha delas, tem pouquíssima estrutura e é digamos, a mais rústica e selvagem das 3, mas com um mar mais azul! Ainda assim tem pequenos bares, restaurantes e hotéis, mas praticamente não há muito que fazer por lá.

Indonesia_Gili_Trawangan_0366
Gili Meno

Indonesia_Gili_Trawangan_0317Eu até gosto de tranquilidade, mas nem tanto, então desde o início sabia que ficaria em Gili Trawangan e se você gosta de um pouco de agito e bem mais opções de lugares pra ficar , comer e coisas pra fazer, esta ilha é seu lugar!

Onde ficar em Gili Trawangan

Uma coisa importante durante seus dias em Trawangan é definir o seu hotel e a localização deste hotel.

Indonesia_Gili_Trawangan_0041

Por mais que as praias sejam lindas ( e são), o calor é intenso e às vezes tudo o que queremos é um pouco de sombra e água doce em uma boa piscina, então a escolha do hotel é super importante para que seus dias na ilha sejam inesquecíveis. E nem precisa pagar caro por isso, já que dá pra ficar em excelentes hotéis na ilha sem vender um rim, um ponto positivo em toda Indonesia, por sinal.

Outra coisa a levar em consideração é a localização deste hotel. Para entender mais, vamos dividir a ilha em 2 partes:

– Onde nasce o sol: é nesta parte onde está o porto, por onde os barcos chegam e saem da ilha e onde está também a maioria dos hotéis e restaurantes, operadores de mergulho, barzinhos, lojinhas, etc. Considerando que você está olhando para a ilha de dentro do mar e tendo o porto como ponto central, podemos dizer que do lado direito é onde estão as opções mais econômicas de hotéis e onde está a Mesquita da ilha, que chama 5 vezes ao dia para oração, o que pode incomodar bastante.

Indonesia_Gili_Trawangan_0185 Indonesia_Gili_Trawangan_0395

Já do lado esquerdo, estão hotéis mais bacaninhas e mais opções de bares e restaurantes. É ali também  que está o mercado noturno ( Night Market).oria 4 estrelas, localizado no canto esquerdo da praia e perto de tudo. O Vila Ombak é considerado um dos melhores hotéis da ilha, tem várias piscininhas, sendo uma delas de frente pra praia, hidromassagem, spa, bares com serviço de praia, espreguiçadeiras, restaurantes, enfim, um super hotel com excelente custo benefício. Falarei mais dele num post específico.

Roteiro de Viagem Sudeste Asiático
Uma das piscinas mais exclusivas do Vila Ombak

Com certeza foi uma escolha super acertada e as diárias foram bem gastas, pois todo dia, passávamos algumas horas na piscina relaxando, tomando drinks no bar durante o happy hour, sempre com ótimas músicas e um clima jovial e descolado, a cara de Trawangan.

Outras opções que analisei durante minhas pesquisas e que consideraria: Scallywags Resort. Se puder pagar e quiser mais luxo, o Pearl of Trawangan era do lado do nosso hotel e parecia perfeito.

-Onde o sol se põe: deste lado da ilha estão alguns hotéis mais glamurosos, porém tenha em mente que você vai precisar de transporte pra tudo, pois tudo é mais longe.

Indonesia_Gili_Trawangan_0208

Se ainda assim quiser ficar nesta parte, recomendo os hotéis: Pink Coco Gili Trawangan e Ombak Sunset. Ambos me pareceram ótimos! Ficamos no PinkCoco de Uluwatu, em Bali, e adoramos! A rede é super famosinha na Indonésia e um amigo meu ficou neste de Trawangan e adorou. Já o Omabk Sunset é categoria 5 estrelas e é da mesma rede do nosso hotel de Trawangan. No dia que chegamos no Vila Ombak, o recepcionista nos ofereceu up grade para o Ombak Sunset porque o hotel iria receber 3 grupos no dia seguinte, podendo ser um incômodo para os hóspedes, mas nós recusamos, mesmo sendo um hotel 5 estrelas, justamente pela localização.

Locomovendo-se na ilha

Não existem transportes motorizados na ilha. As opções mais comuns são andar nas muitas charretes ou alugar uma bike.

Indonesia_Gili_Trawangan_0157

Nós alugamos bike por 2 dias, sendo no segundo dia que chegamos, alugamos para o dia todo, pagando 50.000 rúpias cada. Já no terceiro dia, alugamos só por meio período por 35.000 rúpias cada. Foi uma das coisas mais gostosas que fizemos em Gili Trawangan: rodar a ilha de bicicleta! Coisas simples que nos deixam tão felizes!

No dia de ir embora, alugamos a charrete para irmos até o porto. Não deu 2 minutos de passeio e se foram 50.000 rúpias. Logo, bike é a melhor e mais econômica forma de se locomover pela ilha. Como a ilha é toda plana, acredito que até mesmo os menos preparados fisicamente conseguem fazê-lo, sem problemas.

À noite, quando voltamos do pôr do sol, passamos por trechos escuros, mas mesmo que eu estivesse sozinha, não sentiria medo algum, pois é sempre cheio de turistas fazendo a mesma coisa que você! O problema era enxergar os buracos e os trechos de muita areia, mas nada que causasse maiores problemas.

Indonesia_Gili_Trawangan_0077

O que fazer:

O que mais você vai fazer na ilha é simplesmente não fazer nada e é aí que está o barato! O lugar é tão mágico e incrível que ficar só curtindo a ilha, aquele mar, aquele clima, já será incrível! Ainda assim, tem algumas coisas legais pra fazer por lá:

Island hopping: existem inúmeros tours que fazem o passeio para fazer snorkeling ao redor das Gili, com parada em Gili Air, com ou sem almoço. O preço é bem barato (100,000 rúpias sem almoço e 150,000 com almoço). Geralmente os barcos saem por volta das 10:30 e retornam às 15:30 e muitos barcos tem uma parte com fundo de vidro. Nós preferimos alugar um barco só pra nós por meio dia, saindo as 8h e voltando 12h e parando nas 2 ilhas Gili. Pagamos 800,000 rúpias negociadas, Reservamos com a Agência Aura, que fica bem no buxixo, ao lado do Naty´s Resort. Nosso marinheiro, Emy, foi ótimo! Super simpático, tirou fotos e vídeos nossos com a tartaruga que avistamos, nos deu pão pra alimentar os peixes, etc. Ele sõ não queria parar em Gili Meno de jeito nenhum por causa do fundo do nosso barco ter uma arte de vidro e os corais da ilha poderiam trinca-lo, mas de tanto que educadamente eu pedi, ele deu um jeitinho no final e fez uma parada de meia hora pra gente conhecer a ilha.

 

 

 

 

Todos os tours seguem um padrão das paradas para snorkeling e num dos pontos,  Turtle Point, eles dão garantias de ver tartarugas, Nós vimos duas, sendo uma delas gigante! Ela até bateu na minha cara durante sua subida para respirar. Depois ainda a vimos de fora do barco!

Os outros dois pontos de parada, um nos corais de Gili Meno e outro já próximo à praia de Gili Air também foram lindos! Muitos peixes coloridos…mesmo pra gente, que já mergulhamos e fizemos snorkeling em diversos pontos do mundo, gostamos!

Os tours sempre disponibilizam máscaras e nadadeiras, além de coletes salva-vidas.

– Dar a volta na ilha de bike: como eu disse, alugar uma bicicleta e dar a volta na ilha toda, parando nos pontos que queríamos, foi uma das coisas mais gostosas que fizemos na ilha. Em 3 horas demos a volta completa com direito a várias paradas pra banho e foto!

– Assistir ao pôr do sol: escolhemos assistir ao pôr do sol no bar pé na areia do Mala Garden, com seus puffs coloridos de charme, ao som de uma excelente música ao vivo e deliciosos drinks. Infelizmente não pudemos vivenciar um por do sol espetacular porque estava super nublado no fim de tarde, tanto que no outro dia, nem fui porque o céu estava todo fechado e até dando pingos de chuva. Mas mesmo assim curtimos muito este momento mágico do dia  nesta ilha tão incrível.

Indonesia_Gili_Trawangan_0276

– Tirar foto nos famosos balanços ao pôr do sol: depois do instagram, um dos cartões-postais mais famosos de Gili Trawangan são fotos de pessoas penduradas nos vários balanços dispostos dentro do mar pelos hotéis ao pôr do sol. Realmente rende fotos linda, mas como não presenciamos nenhum por do sol que rendesse estas fotos estupendas, minha foto é com sol a pino mesmo rs

Indonesia_Gili_Trawangan_0223

– Mergulhar: mesmo que você não seja credenciado, dá pra fazer curso nos inúmeros dive centers de Gili Trawangan. Nós nos contentamos só com o snorkeling mesmo, mesmo sendo credenciados. Os 3 pontos que paramos em nosso tour pelas ilhas foram incríveis.

Comer frutos do mar e experimentar comida indonésia no Night Market: todas as noites várias barracas são montadas vendendo comida indonésia e churrasco de frutos do mar frescos!

E ainda dá pra almoçar e jantar cada dia num dos muitos restaurantinhos de charme à beira mar da ilha, curtir um reggae no Sama-Sama Reggae Bar, tomar muitos drinks no happy hour na piscina do seu hotel, visitar as outras ilhas Gili (há barcos públicos, inclusive), enfim, curtir o clima delicioso desta ilha.

Indonesia_Gili_Trawangan_0204

Onde comer em Gili Trawangan:

Lugar pra comer bem e barato é o que não falta na ilha…eu queria ter ido a muito mais lugares pra indicar aqui, mas o tempo foi curto e às vezes, o clima atrapalhou também. Mas eis aqui os lugares que experimentei e recomendo:

Diversia Restaurant: foi nossa primeira parada quando chegamos na ilha. Achei o ambiente gostoso e quando vi que tinha polvo grelhado no cardápio, não resisti. Amo polvo! Veio com batatas assadas, molho de alho e folhas verdes. Estava muito bom! O Alê pediu uma carne e estava muito boa também.

Scallywags Restaurant: tentamos almoçar um dia neste restaurante, que tem uma varandinha no piso superior com vista deslumbrante, mas não deu certo porque o atendimento demorou horrores e fomos embora. No entanto, à noite a coisa muda de figura e o restaurante é super bem cotado. A gente escolhe os frutos do mar frescos e paga-se pelo peso, quando então são grelhados e servidos, acompanhado de batatas assadas e buffet livre de saladas. As mesinhas à luz de velas ficam na areia da praia e o clima é delicioso.

Nós pedimos 5 tiger praws (aqueles camarões gigantes que parecem mais uma lagosta) e comemos o buffet à vontade. A cont ficou em 196,000 rúpias, ou seja, menos que 50,00 reais. Se fosse no Brasil, estes mesmos camarões custariam umas 4 ou 5 vezes mais

The Beach House: no mesmo esquema do Scallywags, jantamos aqui num dia que começou a chover e este lugar apareceu com varandinha coberta. Estava cheio tinha churrasco, então paramos ali. Pedimos 6 camarões e 1 lula e o tempero estava incrível, melhor que o do Scallywags, porém o buffet de salada é um pouco menos diverso.

Vila Ombak: Almoçamos aqui num dia que estávamos curtindo a piscina e não queríamos sair pra nada. Pedi um mixto de frutos do mar (camarões, lula e peixe), acompanhados de arroz e legumes grelhados e o Alê foi de penne à carbonara. Ambos estavam ótimos e super caprichados.

Ocean 2: mesinhas de madeira na areia debaixo da sombra de uma árvore nos convidaram a comer neste lugar, que era bem simples por sinal. A comida era saborosa, mas o garçom se atrapalhou todo e acabou demorando demais. Tanto eu quanto Alê pedimos bife com molho de cogumelos. Estava bem temperado. O purê de batatas com queijo estava delicioso!

Night Market: também experimentei os camarões grelhados do Night Market, com molho barbecue. Não eram tão grandes como os dos restaurantes, mas são saborosos. A gente come em mesas comunitárias e a comida vem embrulhada em saco de papel de pão. Geralmente vem com arroz!

Outros restaurantes que teria ido se tivesse mais tempo: The Pearl of Trawangan, Ko-komo e Wilson´s Retreat.

 

Onde tomar uma cerveja gelada na ilha:

Pra nós, brasileiros, cerveja gelada é aquela cerveja trincando, até branquinha por fora, e isso não é muito comum no Sudeste Asiático. Lembro de como era difícil tomar cerveja gelada no Vietnã…e quando falamos que está quente, eles não entendem nada, já que o simples fato de tirarem do freezer ou geladeira, pra eles, significa que está gelado.

Em Trawangan não foi diferente e depois de muito procurar e conversar, encontramos o Pesona Dive Center Resort a cerveja mais gelada que tomamos fora do nosso frigobar. Tanto que voltamos lá todos os dias e fizemos amizade com o garçom Arsil, o qual apelidei de Neymar por tamanha semelhança rsrs (brincadeira, é porque ele era louco com o Neymar) e ele nos ensinou a falar cerveja gelada na língua deles: “Satut Beer Dingin” ou algo assim rs. Aliás, diga-se de passagem, a única coisa que aprendemos nestas línguas exóticas quando viajamos é como se fala cerveja gelada kkkk.

Quanto tempo ficar

Nós ficamos 3 noites na ilha: 2 dias inteiros e mais ½ dia no dia que chegamos e ½ no dia que fomos embora, o que deu pra curtir muito e relaxar, mas eu poderia ficar uma semana ali que não enjoaria, de qualquer forma, acho 3 noites o mínimo pra entrar no clima da ilha e fazer tudo sem pressa.

Como chegar

Creio que todas as empresas de barco que ligam Bali às ilhas Gili vendam o pacote completo de transfer que consiste em: transfer do hotel ao Porto em Bali > barco de Bali a Trawangan e vice versa.

Nós compramos o pacote com a empresa Patagonia Xpress, com van saindo do nosso hotel de Ubud até o Porto de PadangBai, transfer em barco rápido para Trawangan e depois, a volta foi Trawangan > Porto de Benoa + transfer para Jimbaran, onde pegamos um táxi até o nosso hotel PinkCoco, em Padang Padang.

Adorei a Patagonia Xpress, pois o barco é novo e grande e por isso quase não balança. Tem wifi a bordo, ar condicionado e TV. Recomendo!

Pra ir, o barco sai de Padangbai Às 10h e chega em Trawangan às 12h (com alguns atrasos, as vezes). Ra voltar, saímos de Trawangan às 12h e o barco faz uma parada primeiro no porto de Bangasal, em Lombok, depois Padangbai e depois Benoa. Chegamos em Benoa às 16:30h

Escolhemos o porto e Benoa porque era bem mais perto de onde ficaríamos hospedados (Uluwatu) e isso não acrescentou em nada no preço. Todo este pacote nos custou 800.000 rúpias por pessoa.

Gili Trawangan foi mais uma maravilhosa surpresa na Indonésia…

Leia também

Roteiro de Viagem Sudeste Asiático: Cingapura, Indonésia, Camboja, Tailândia e Catar

Gastronomia na Indonésia: Onde comer em Bali

OneEighty: conheça a piscina com fundo de vidro sensação de Bali

Cuidado ao trocar dinheiro em Bali

PLANEJE SUA VIAGEM

Se você gosta das dicas do blog e se de alguma forma elas ajudam você a planejar sua viagem, ajude-nos a manter o site fazendo faça suas reservas através dos links abaixo, sem nenhum custo adicional. Clicando nestes links, você contribui para manter o site sempre no ar e não tem que pagar nada a mais por isso!

Reserva de Hotéis

Booking.com: é o site onde reservo praticamente 100% dos hotéis nas minhas viagens. Ele é super prático e na grande maioria das vezes disponibiliza reservas com cancelamentos grátis. Nele é possível selecionar os hotéis por categorias, preços, localização e comodidades! Clique neste link para reservar seu hotel.

Aluguel de Carros

Rentalcars.com: uma das maiores empresas de aluguel de carro no mundo, onde é possível comparar preços em diversas locadoras do mundo, dentre elas, as gigantes Hertz, Avis, Europcar, etc. As reservas geralmente são canceláveis gratuitamente, já que planos de viagem sempre podem mudar! Sempre reservo meus carros com a Rentalcars no mundo todo e super indico. Clique neste link para reservar seu carro com a RentalCars.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Instagram has returned invalid data.

Me Acompanhe no Instagram