Depois de 3 h de trem de Salzburg a Viena, desembarcamos na Westbahnhof já era tarde e fomos andando até nosso hostel, que ficava ali pertinho. Viena é uma cidade caríssima e um hostel um pouco mais confortável, com no mínimo banheiro privativo e sem café, não sai por menos de 90 euros a diária. Então eu escolhi um hostel bem baratex, que obviamente não tinha nenhum luxo, mas que ficasse bem localizado.

Sempre gosto de falar sobre os locais que hospedo, pois sempre prezo por opções econômicas, que apresentem bom custo x benefício e geralmente gosto de todos, mas este de Viena não vou nem falar o nome porque não gostei. Atualização: como recebo pedidos, segue o hostel que fiquei aqui. Não é que o lugar seja ruim, mas parecia mais um hospital do que um hostel. Não tinha calor humano, sabe?! Tudo muito vazio, silencioso, frio, impessoal! Mas era tudo limpinho, o quarto era enorme, com uma cama confortável e tinha até wifi grátis (que só funcionava no lobby ou nas escadas). Mas o maior absurdo é que as salas de banho não eram separadas por sexo. Aff! Mesmo eu não tendo dado de cara com nenhum marmanjo, pois quase sempre tava tudo vazio, tem coisa mais esquisita que você tomar banho e imaginar que, ao sair, pode encontrar algum tarado dentro do banheiro?

Pra quem quer economizar muuito, até vale a pena, mas é melhor não ser tão muquirana como eu fui aqui rsrsrs. Ainda mais tendo ficado em excelentes hostels na Alemanha, este aqui foi um choque! Depois eu ouvi dizer muito bem da rede de hostels Wombats. Fica a dica!

Pelo menos ele ficava perto da Mariahilfer Strasse, a principal rua de comércio da cidade, onde se acha de tudo. Dali pro centro de Viena, onde estão as principais atrações, era um pulinho, tanto de metrô quanto a pé.

Mariahilfer Srasse, vazia aos domingos!

Bem, mas falando de Viena, ficamos 2 dias e 3 noites na cidade. Pra mim, foi mais que suficiente, mas pra quem é “rato de museu” e quer ver tudo, melhor ficar 3 dias inteiros.

Assim que acordamos no dia seguinte, fomos procurar um lugar pra tomar café na Mariahilfer Strasse e achamos um muito bom, onde tomamos café todos os outros dias, comendo o que queríamos e ainda pagando metade do preço do que era cobrado no café do hostel. Depois seguimos pra Westbahnhof e compramos o ticket de metrô por 48 horas, que nos custou 11,70 euros. O bom deste ticket é que você anda de metrô e nos trens de superfície, ilimitadamente, por 48 horas, por um preço bem razoável, ainda mais considerando que tudo é caro por aqui. Vale a pena! Precisa validar o ticket na primeira vez.

Nossa primeira parada foi o belo Palácio de Schonbrunn (metrô estação Schonbrunn).

O Schonbrunn é um dos locais mais visitados da Áustria e é considerado Patrimônio Mundial da Unesco. O palácio passou por períodos decadentes e de completo abandono, até que foi dado de presente à Imperatriz Maria Tereza, que o reestruturou até que chegasse ao que que se vê hoje. Era a residência de verão dos imperadores da Áustria. A beleza dos seus jardins é o que mais impressiona e é um dos cartões-postais de Viena, sendo muitas vezes comparado aos Jardins de Versalhes.

 

Seguimos para outro ícone vienense: o Palácio Belvedere, um palácio barroco que funciona como museu desde a primeira guerra.

Aqui, mais uma vez, os jardins são uma atração à parte. Eu adoro flores e plantas e sempre estes jardins europeus me impressionam pelo capricho e composição. O nome Belvedere foi dado por Maria Tereza e significa Bela Vista, em italiano.

 

 

O ponto central de Viena é a Stephansdom, a Catedral de São Estevão. A catedral é linda, tanto por dentro quanto por fora. Seu telhado chama a atenção!.

 

Ela fica realmente no coração da cidade, na Sphanplatz, de onde se ramificam diversas ruas repletas de lojas, cafés, restaurantes, bares e pubs, enfim, onde o comércio pulsa a todo vapor.

Map of Vienna

Dentre estas ruas, as mais movimentadas são a Graben Strasse, a  Karntner Strasse e a Kolmarkt. Andando pela Graben chegamos à Catedral de São Pedro, lindíssima, por sinal!

 

Kartner Strasse

 

Lojas de Viena

 

Andando pela Kartner Strasse sentido Karlplatz, passamos pelo Sacher Hotel, onde parei para experimentar a mais tradicional torta da cidade: a Sacher torte, doce `a base de chocolate recheado com creme de damasco. A torta vem acompanhada de uma bola de chantilly que deve ter 99.999 calorias. Sinceramente, não achei nada demais, mas estando em Viena, tem que experimentar e desembolsar cerca de 5 euros por este pedacinho. E às vezes ainda tem que esperar por uma mesa. A disputa é sempre grande!

Sacher Hotel
Sacher torte do hotel Sacher, o mais requintado de Viena!

Preferi mil vezes a Apfelstruddel, uma torta quente de maçã com canela e açúcar em massa folhada, extremamente molhadinha. Uma delícia!! Experimentei a do Café L Heiner, na mesma rua, um café super fino e charmoso!

Apfelstrudel
Vitrine da L Heiner

 

Ao final da Karnter Strasse, já junto da Karlplatz e do Ring, está a Staatsoper, a Ópera de Viena, onde acredito que deve valer a pena assistir a uma autêntica ópera vienenense! Não era meu foco! De noite, o edifício é ainda mais bonito!

 

É comum vermos nos arredores destas ruas, as famosas carruagens vienenses, que circulam com turistas que experimentam a sensação de viverem na época do império. Mesmo pra quem não faz o passeio, impossível não imaginarmos como era viver naquela época, repleta de luxo e sofisticação!

 

Circundando toda a área central de Viena está o Ring, um anel viário onde estão concentradas muitas das atrações de Viena. É aqui que está a Rathaus (Prefeitura), o Parlamento Vienense, a Universidade de Viena e o Palácio Horfburg, um complexo de vários museus, escolas, bibliotecas, igrejas e até escolas de equitação.

 

Prefeitura de Viena
Parlamento de Viena
Trem que percorre o Ring

O complexo do Hofburg foi por muitos anos sede do Império Austro-Húngaro. Como ele é enorme, tive que escolher o que visitar e optei pelo pacote que dá direito à entrada ao Museu Sissi, a visita à Prataria da Corte e aos aposentos imperiais. Este ingresso custou 10,5 euros e valeu muito a pena! O museu conta a história do ladro triste da vida de Sissi, a famosa e bela imperatriz, que teve uma vida turbulenta e triste e que foi brutalmente assassinada.

Fachada de Hofburg!

É impressionante a riqueza de um Império, a beleza das peças, o brilho das pratarias e a delicadeza e detalhamento das porcelanas! Fiquei sem fôlego com tanta finesse!

 

Como em Viena o comércio todo fecha aos domingos, optamos por visitar o museu neste dia. Foi no domingo também que visitamos o Parque de Diversões do Prater e a famosa roda de gigante de Viena, que existe ali desde 1897, sendo destruída na Segunda Guerra e reconstruída novamente.

 

 

O charme desta roda são seus vagões vermelhos de madeira. O Parque Prater é enorme e tem muitos brinquedos, bem diferentes do que vemos por aqui. Mas tempo feio e chuva fina definitivamente não combinam com Parque de Diversões e, depois de algumas fotos, fomos embora do parque.

 

Uma grande surpresa em Viena foi o Naschmarkt, um mercado super tradicional de comidas, de altíssimo nível, por sinal, com especialidades culinárias do mundo todo! Há desde barraquinhas simples, vendendo azeitonas (algumas gigantes e de cores nada convencionais) e outros antepastos a refinados restaurantes, servindo champagne e caviar!

Restaurantes de comida asiática são maioria por aqui: chinês, tailandês, vietnamita, japonês, enfim, uma diversidade gastronômica pra ninguém botar defeito.

 

Este mercado funciona desde 1780 e começou com os fazendeiros levando seus produtos pra vender. Sábado é o dia mais bombante e foi quando fomos, em nosso primeiro dia na cidade. Mas o mercado também funciona em dias de semana. Fechado aos domingos.

 

 

Já passava bem da hora do almoço quando fomos e aproveitamos pra almoçar por ali. Difícil é escolher onde comer e qual especialidade, tamanhas opções. Dá vontade de ir parando em toda barraquinha e experimentando um petisco atrás do outro, o que é muito comum neste mercado. Dá pra sair de barriga cheia sem gastar nada hahaha!

Acabamos parando no Landsknech Bier e escolhemos uma espécie de strogonoff de carne de porco com arroz, comida típica austríaca. Estava muito bom. Ainda mais com uma cerveja austríaca bem gelada!

Neste mesmo mercado há barracas e lojas que vendem souvenirs e produtos chineses, além de algumas quinquilharias usadas. Sem dúvida, um ótimo programa em Viena!!!

 

 

Já que estamos falando de comida, não dá pra ir embora de Viena sem comer o famoso Wienerschinitzel, o prato mais típico de toda a Áustria. Eu comi várias vezes e o melhor mesmo foi o que comi em Innsbruck. Em Viena, experimentei o do Sparky’s, mas não gostei tanto. Achei muito fino.

 

 

De noite fizemos “festinha” no hostel, no nosso próprio quarto, com muito vinho, queijos e pães, enquanto arrumávamos a mala.

Viena é muito bonita, clássica, chic… Uma típica cidade europeia. Mas não é uma cidade que me fascinou a ponto deu querer voltar várias vezes, como Londres ou Praga, por exemplo! Não sei explicar…Em todo caso, gostei muito de ter ido e tê-la conhecido!

Daqui, seguimos pra Bratislava, cenas do próximo capítulo! See you!

Leia mais:

Austria: Innsbruck, no coração dos alpes tiroleses!

Áustria: Salzburg: um dia na charmosa cidade de Mozart!

De Fussen a Innsbruck, com paradinha em Garmish-Partenkirchen

PLANEJE SUA VIAGEM

Se você gosta das dicas do blog e se de alguma forma elas ajudam você a planejar sua viagem, ajude-nos a manter o site fazendo faça suas reservas através dos links abaixo, sem nenhum custo adicional. Clicando nestes links, você contribui para manter o site sempre no ar e não tem que pagar nada a mais por isso!

Reserva de Hotéis

Booking.com: é o site onde reservo praticamente 100% dos hotéis nas minhas viagens. Ele é super prático e na grande maioria das vezes disponibiliza reservas com cancelamentos grátis. Nele é possível selecionar os hotéis por categorias, preços, localização e comodidades! Clique neste link para reservar seu hotel.

Aluguel de Carros

Rentalcars.com: uma das maiores empresas de aluguel de carro no mundo, onde é possível comparar preços em diversas locadoras do mundo, dentre elas, as gigantes Hertz, Avis, Europcar, etc. As reservas geralmente são canceláveis gratuitamente, já que planos de viagem sempre podem mudar! Sempre reservo meus carros com a Rentalcars no mundo todo e super indico. Clique neste link para reservar seu carro com a RentalCars.

87 thoughts on “Áustria: a clássica Viena!”

  1. Oi Carol,
    Conheço um pedacinho da Áustria, mas não cheguei até Viena. Vou favoritar o seu post para mostrar para o maridovisk, para ver se o entusiasmo.
    Beijos 1000 e divirta-se no Carnaval.

    GOSTO DISTO!

    1. Oi, Betty! A Áustria é muito bonita. Tem que ir pelo menos 1 vez pra conhecer o charme deste país. Obrigada pelo comentário! Sempre vejo seu blog! Bjs e bom carnaval!

  2. Não tem como negar que Viena é a capital imperial da velha europa!! Cidade imponente e fascinante com tanto palácio que uma pessoa chega em casa e fica achando que mora numa barraca =). Gostei imenso do seu relato e das fotos, tambem fiquei hospedado na mesma rua mas num hotel de 4 estrelas numa super promoção (170 euros 3 noites) e ainda ofereciam o transporte gratis. Realmente é uma cidade muito cara mas das minhas favoritas. Obrigado por me fazer relembrar. Visite o meu blog e veja sobre minha estadia em Viena

  3. De acordo com o artigo acima e acima de Áustria é rica em beleza natural e vegetação. Eu acho que você tinha gostado muito na Áustria. Eu tinha ido a Áustria antes dos 5 anos, mas ainda há muita coisa mudou.

    Hotel

  4. vc precisa conhecer a regiao de salzkammergut localizada ha 60 km de salzburg
    Fuschl , Bad Ischl(cidade pequena e historica) Hallstadt, St Wolfgang, St Gilgen,,
    é td lindissimo e calmo, recomendo no verao, e recomendo que vcs alugeum um carro pra verem toso ls lagos maravilhosos. Gmunden a regiao de traunsee tb é maravilhosa,, Moro na Austria há 7 anos..

    1. Anônimo, realmente devem ser lugares lindíssimos e encantadores . O pouco que vi do interior da Áustria já me encantei! Vc tem sorte de morar num lugar tão lindo! Parabéns e obrigada pelas dicas! Bjs

  5. Ola Carol. Eu vou agora em Setembro a Viena e gostei muito do relato e das dicas. Seria muito indelicado perguntar qual foi o hostel que ficou e o preço? É que eu vou visitar outras cidades e uma coisa bem baratinha era o que precisava. Apesar de ser pouco recomendável, se for barato e limpo como mencionou, é o que procuro. Obrigada ;D

  6. Olá,
    Acabei de voltar de Viena (agora em agosto), sendo que viajei para Praga, Bratislava e Budapeste, e na minha opinião, Viena foi a cidade que mais me encantou. Belíssima, aristocrárica, encantadora e limpa. Por exemplo, Budapeste e Praga não são tão limpas e organizadas como a capital austríaca. Um modelo de cidade para o mundo, na minha opinião.
    Fiquei 4 dias e garanto que é o mínimo (bem corrido ainda) para visitar os museus e todas as atrações.
    Mas parabéns pelo blog.

    1. Olá, anônimo , o tempo realmente depende da vontade de cada um no lugar. Como eu disse, quem gosta muito de museu pode ficar mais tempo. super beijo!

  7. Ola Carol, viajo no próximo dia 10 para Budapest,Viena,Praga, Berlim e Suissa, sabe me dizer que tipo de roupa levar e para duas mulheres super consumistas qual é o país que mais se gasta dinheiro? Beijos, adorei o blog, meu e-mail é [email protected]

    1. Olá, Edna, como vai? Acho que Praga e Berlim é um dos mais baratos! Mas se você quer roupas, acho que ,c om excessao da Suiça, todos estes outros você acha com preços meio que tabelados! Também sou consumista rsrs e não deixo de entrar nas “lujinhas” em todo país que vou hehe. Meu marido fica louco da vida! Ele odeia a Zara hehe! Bjsss

  8. oLA cAROL!Ola Carol! O museu da Sissi abre no domingo? adorei o post! super completo. bjos

  9. Carol. Parabéns pelo seu blog. Ele é lindíssimo, o melhor que já vi. Viajo em Abril para a Áustria, onde vou correr uma maratona em Viena, suas dicas e descrições foram muitos úteis. A qualidade das fotos um show.Me senti lá, rssss. Um abraço! Heloísa

  10. Oi Carol!

    Adorei o seu relato sobre Viena. Já fui duas vezes e me senti lá novamente lendo suas impressões. Eu tenho uma facilidade, pois minha prima mora lá e então quando vou fico pelo menos 15 dias e posso falar que o quanto se puder ficar em Viena, se terá programas diferentes. Eu acho o ideal, pelo menos 5 dias, pois é uma cidade linda e que deve ser apreciada com toda a calma.
    Abraços,
    Débora

    1. Caroline, você tem um roteiro pronto para 3 dias em Viena? Se puder me enviar ficarei muito feliz e grata é claro!
      Aceito SUGESTÕES:
      1º DIA… 26/09/2014
      1º DIA….27/09/2014
      3º DIA ….28/09/2014
      29/09 VAMOS PRA SALZBURG

      1. Olá Eliana, o que fiz está no blog e foram 2 dias inteiros, lembrando que não entrei a todos os museus, palácios, etc. Se você gosta, pode deixar um dia inteiro só pra isso. Bjs

  11. vi suas fotos adorei anotei tudo , assim fica mais facil para eu e meu marido conhecer os Pontos turisticos.

    beijos

  12. Olá Carol,

    Eu e minha esposa saímos de Zurich e passamos por Salzburg e agora estamos em Viena. Seu site é realmente o melhor que encontramos e nos ajudou muito. Rico em informações, bem didático e com excelentes dicas. Parabéns! Recomendo que um dia você conheça a Suíça. Zurich, Lugano, lago Constance em St Gallen, Genebra, etc são cidades maravilhosas. Comer um foundie tradicional, visitar a fábrica da Lindt e aprender a fazer seu próprio chocolate são programas imperdiveis. Abraços.

    1. Ola Jackson, fico extremamente feliz com seu comentario, nao sabe o quanto :) Acredita que nao faz 1 mes que voltei da Suica? Genebra eu ja conhecia em 2009, mas agora fiz Zurique, Luzern, Interlaken, Zermatt e Bern. Nem deu tempo de escrever no blog ainda rsrs que bom que estao gostando! Aproveitem! Abracos

    2. Caroline, nós vamos para SUiça, ficar em Lucerna 4 dias e fazer bete e volta BERNA E ZURICH. Você tem algumas dicas de passesde trem? Já li várias dicas e não sei o que é melhor. Swiss pass OU COMPRAR nos guichês de cada estação de trem. VEJA SÓ:
      3 dias em Viena
      2 dias em Salzburg
      4 dias em Lucerna
      5 dias na Itália: em Padua bate volta pra Veneza, depois assis e Roma. meu esposo e eu vamos usar avião apenas para sair e voltar para o Brasil. estamos sem saber se devemos comprara Global Pass ou outros tickets de trem.

  13. Que coincidência! Agora estamos em Praga! Escreva logo sobre a Suíça, estamos curiosos pois não conhecemos as cidades em que você passou. Abraços, Jackson e Sarah

  14. Estou em Vienna agora, vindo de Praga onde passei os melhores 3 dias desde que fui a Roma, e tive um choque. Bonita mas nao estou vendo muita graça aqui. Vi o que vc falou do hostel e estou em um hotel 3 Estrelas mas excelente!!! Paguei 80 euros com cafe da manna. Quarto delícia daqueles com janeloes estilo sotao sabe?? No booking ele tá mais caro que no balcao, usei o booking so pra ver as Fotos e pegar o endereco (faco isso sempre desde que vi que estava mais caro que no balcao uma vez em Veneza). Chama Austria Trend Theresianun Wien. Bjs

    1. Ola Cibelle! Eu tenho medo de deixar sem reserva pra negociar no balcão, mas realmente o preco foi ótimo pra Viena. obrigada por compartilhar as dicas aqui. Beijos

  15. Olá Carol, conheci Innsbruck e Salzburg há alguns anos, mas não cheguei a ir para Viena. Minha experiência na Áustria com essas duas cidades foi incrível. Acho que finalmente poderei ir e conhecer a capital! Obrigado pelas dicas!

  16. Olá Carol, em que época do ano vocês visitaram Viena e fizeram a Rota Romântica na Alemanha? Qual seria a melhor? Abraço, Vanessa.

    1. Oi Vanessa, fizemos em outubro e gostei muito por causa do friozinho. Mas bos meses de maio, junho e setembro também devem ser bem bons e um pouco mais quentes. Em
      Maio e Junho os dias são mais longos, então aproveita-se mais o dia. Bjs

  17. Carol, adorei as dicas, estou indo agora em setembro! Vou seguir suas dicas e passar 3 dias em Viena e procurar cidades próximas para aproveitar os outros 5 dias!
    Abraços!
    Carol

  18. Olá Carol, estou acompanhando seu blog e estou gostando bastante. Eu e meu marido sempre vamos aos EUA porque temos parentes em algumas cidades, mas como já estamos assim, com vontade conhecer outras coisas, teremos 10 dias numas mini ferias e pensamos em ir pra Europa. Vendo seu site acho que seria legal ir a viena e fazer aquele roteiro da alemanha romantica, dado o nosso tempo curto.
    Mas tem um problema que eu queria saber a sua opiniao… você acha que com um ingles basico pra intermediário, a pessoa se vira?

  19. Oi Carol, parabéns pelo post. Me diga uma coisa, em que época do ano você foi. Obrigada!!

  20. Oi Carol,
    Descrubri seu blog hoje e estou impressionada! Vou viajar em abril de 2015 para algumas cidades da europa e estou ficando louca com suas dicas. Obrigada pela ajuda e parabéns pela clareza e detalhes de seus posts. bjo

  21. Boa Tarde, Carol!!

    Serei repetitiva, mas realmente seu blog é show !!! Super prático para quem vai fazer as malas :)
    Lá no início do texto, você mencionou que ficou num café super bom na Mariahilfer. Lembra o nome??
    Irei agora em Março, muito frio ???
    Muito Obrigada !!!

    1. Obrigada, Michelle, muito bom receber estes comentários como o seu :)) Não me lembro, mas olhei no Google Maps e deve ser o Cafe Westend ou Backo Kaffee. Quando eu saia da rua do hotel, eu viarava à direita na Mariahilfer. Era bem ali do lado. Era um café estreito, com um balcão cheio de sandubas e quitutes e algumas poucas mesinhas. Espero ter ajudado :) Beijos

      1. Nossa, que agilidade !
        Ajudou sim, bastante ! Tô aqui fazendo o roteiro e ‘viajando’ no blog :)
        Ah, na pergunta eu quis dizer “um café onde você ‘comeu’, e não ‘ficou’.
        Mas deu pra entender, srsrrsrs
        Só me fala se é muito frio em Março.
        Bjus e Obrigada mais uma vez !!!

  22. Oi Carol,

    Realmente não tem como não lhe agradecer e parabenizar pelo relato, muito bom!!!
    Me dê uma ajudinha. Se eu tiver que escolher entre o Hosburg (Museu Sissi) e o Belvedere qual você indicaria? Disseram que o Belvedere é na verdade um museu com obras de arte, o que você achou?
    Além disso, você fez o Grand Tour ou o Imperial Tour no Schonbrunn?

    Muito obrigada!!
    Carol :)

      1. Carol, então é possível visitar somente os jardins do Belvedere e do Schonbrunn sem ter que pagar para entrar nos palácios?

        Bjs

  23. Oi Carol,
    Muito legal o seu blog. Vou para Viena dia 27/04(vindo de Munique) e gostaria de saber se tem um hotel p indicar na região central. Encontrei o Mercure Wien Zentrum, mas gostaria de outra opinião.
    Obrigada
    Sue Oliveira. São paulo

    1. Oi Sueli, não conheço outros hoteis, mas no site di Booking.com você pode avaliar os comentários dos hospedes, as notas e a localização. Quanto mais perto da catedral, mais bem localizada estará, mas também é mais caro. Na região que eu fiquei também achei legal, pois era perto da principal rua de comercio da cidade. Os preços são melhores nesta área. Desculpe nao ajudar muito. Beijos

  24. Oi Carol, tudo bem?

    Estou em Salzburg a trabalho e estou pensando em conhecer Viena no sábado. Estamos num grupo de 5 pessoas e não sabemos se é melhor irmos de carro ou de trem. O que você acha que compensa mais? Disseram que o estacionamento em Viena é bem caro.
    Ficaremos só 1 dia e pensamos em pegar aqueles city tours que levam nos principais pontos turísticos. Vc acha que é uma boa?
    Obrigada.

    1. Oi Thatiane, trem sempre eh mais pratico. Quanto ao ônibus, acho que nem precisa. Da pra fazer quase tudo a pe ou de metro. De qq forma, também não é má ideia usar o ônibus. Bjs

  25. Olá Carol! Seu blog é dez! Fotos lindíssimas, comentários muito interessantes, vc esta de parabéns. Só não consegui descobrir em que mês vc esteve em Viena. Isso faz toda a diferença pois as paisagens mudam muito durante o ano. Vou agora em maio e adoraria que os jardins estivessem com aquele colorido das suas fotos. Bjs

  26. Oi Carol,
    Gostaria de saber em que bairro vc se hospedou. Vou ficar 4 dias em Viena e gostaria de ficar bem localizada, pois estou viajando com minha mãe de 65 anos e com minha filha de 9 e estaremos sem carro!
    Mais uma vez, muito obrigada! Vou seguir os seus passos nessa que será a minha primeira vez na Alemanha, Áustria e Suíça !!
    Bjs Amélia

  27. Boa tarde.
    Vou à Viena em agosto, e gostaria de dicas de que roupa levar, já que vai estar calor, acredito.
    Gostei muito do blog e das dicas!!!
    bjos

    1. Oi Maria, realmente é verão, logo leve roupas frescas, mas sempre esteja preparada para possíveis mudanças de clima, pois Viena é meio imprevisível! Bjs

  28. Olá Carol, em Novembro eu e minha esposa estaremos viajando por Vienna, Praga e Budapeste, hoje o que mais queremos ver em Vienna,são as Valsas, rss, gostaria de ter dicas para o mesmo.

    Abs
    Fernando

  29. Oi. Gostei muito do seu blog. Devo ir a Austria no final do próximo novembro e ele esta sendo muito útil para a organização de minha viagem. Gostaria de saber se voce teve problema com filas para compra de ingressos. No caso de Roma é essencial comprar os ingressos pela internet com antecedência do contrario se enfrenta horas de espera em filas. Como é em Viena? Se puder, me responda. Um abraço. Lucas

    1. Olá, Lucas, não me recordo bem, mas so fui no Museu Sissi e sempre tem uma filinha, mas nada demais! A Ticketbar, parceira aqui do blog, vende ingressos com descontos pela internet para as principais atrações da Europa. Dá uma olhada no link na lateral do blog! Abraços

  30. Oi, adorei seu blog, lindas imagens e dicas.
    Você saberia me dizer ou me dar uma dica de como faço para ter um guia que fale portugues ou espanhol lá, vamos em fevereiro e gostaria de contratar alguém para nos orientar, uma vez que não falo Alemão. Obrigada.

    1. Josy, eu posso te dar o email do pessoal do Viva Viena, mas não os conheço e nem os serviços deles, logo não tenho como dar nenhuma informação. Sigo eles pelo instagram e a Letícia, dona do IG, me passou o email para eu te ajudar. Caso você queira entrar em contato com eles, o email é [email protected]! Espero que dê tudo certo! Beijos

  31. Amo o teu blog, a forma como tu escreve, tudo simples, direto mas ao mesmo tempo com vários detalhes que só acho aqui… Ano passado fui para Noruega e Suécia e peguei muuuitas dicas aqui. Agora estou montando a viagem do meio do ano que vai ser para Viena, Salzburg, Hallstatt, Bled, Liubliana, Innsbruck e Liechtenstein e novamente estou me guiando pelas tuas dicas. Continuem viajando muito para que eu possa sempre ter as diquinhas aqui. Beijos

  32. Olá,
    Gostaria da sua opinião entre Praga, Viena e Budapeste, dentre essas cidades qual delas teria mais atrações demoradas? Qual valeria mais a pena dedicar mais 1 dia? Tenho 1 dia sobrando e estou em dúvida em qual das 3 cidades vou aumentar. Poderia me ajudar?
    Agradeço desde já

    1. Olá, Francieli. Sobre atrações demoradas, têm mais em Viena, que tem vários museus e palácios, mas eu acho que Praga tem mais coisas para ver e fazer e eu adicionaria este dia extra em Praga! Beijos

  33. Olá, tudo bom?

    Estou pensando em passar a lua de mel em Vienna. Eu gostaria de saber se as pessoas em restaurantes, transporte público e pontos turísticos falam inglês.

    Abraços ^^

  34. Gostaria de me apresentar, meu nome é Rosangela Scheithauer, brasileira há mais de 26 anos residindo na Áustria.
    Ofereco-lhes meus servicos de Guia Turística em Viena e arredores.
    Meu contato (whatsapp): +436649248140 ou pelo e-mail: [email protected]

    Estou à disposicao para mais informacoes que se fizerem necessárias.

    Rosangela Scheithauer

  35. Carol, terei 24h livres em um evento que participarei em Linz, Austria, em julho. Estou com uma dúvida cruel entre ir para Salzburg ou Viena, o que vc recomendaria?

    1. Para um dia só recomendo Salzburg, que é mais compacta e dá pra ver praticamente tudo num dia só! Viena tem mais coisas, logo dia é muito pouco! Bjs

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Instagram has returned invalid data.

Me Acompanhe no Instagram