No sábado de shabbat, quando todo o comércio de Jerusalém está fechado, escolhemos fazer um tour pela Região da Galileia. Reservamos o tour da United no dia anterior, direto na recepção do nosso hostel.
O tour começa de madrugada. Às 6 da manhã já estávamos prontos, quando então o ônibus  nos pegou num hotel próximo, já que na rua do nosso hostel não passa carros.
O ônibus passa por Tel Aviv, onde algumas pessoas entraram. O grupo era super pequeno, composto apenas por uma canadense, 3 americanos (dentre eles, uma super louquinha, que me fez de fotógrafa dela boa parte da viagem) e nós 2. O guia falava espanhol. Dependendo do tour e do dia da semana, você ode escolher o idioma que será falado durante o tour. No nosso caso, foi pura coincidência o espanhol.
O primeiro ponto de parada foi Em Nazaré, cidade onde Jesus passou sua infância, daí o nome, Jesus de Nazaré.

É óbvio que o primeiro ponto não foi no ponto mais famoso de Nazaré, a Igreja da Anunciação, mas sim, numa loja que vendia souvenirs a preços bem acima do normal.
Seguimos então para  Igreja da Anunciação, onde Maria recebeu a visita do Anjo Gabriel, anunciando a chegada do Messias.
A Igreja é belíssima. A porta principal tem passagens bíblicas esculpidas em bronze.

Vista da cúpula da Igreja da Anunciação
Uma das obras de arte, no chão da igreja

Porta de entrada
Detalhes da porta

Além do mais, é toda decorada com obras de arte cedidas por todos os países do mundo, inclusive o Brasil, que doou uma bela imagem de Nossa Senhora Aparecida.

 
                                                                      Obra de arte cedida pelo Brasil

O ponto máximo da Igreja é a Gruta onde Maria recebeu o Anjo.

Nas imediações está a Igreja de São José, que marca o local onde José e Maria moraram, além de sua carpintaria.
Saíndo de Nazaré seguimos para Cafarnaum, às margens do Mar da Galileia, onde está a casa de São Pedro.

Passamos pelo mesmo caminho que Jesus fizera a pé, quando saiu de Nazaré para passar os 3 últimos anos de Seu ministério na Galileia, só que de ônibus, claro! No caminho, passamos pela cidade de Cana, onde Jesus, convidado especial de um casamento, transformou água em vinho. Uma igreja, chamada Wedding Church, foi construída no exato local do milagre.

Também passamos por Magdal ou Magdala, a cidade de nascimento de Maria Madalena , seguidora de Jesus.
Eu e São Pedro, em Cafarnaum

Na época de Jesus, Cafarnaum era uma rica cidade Judaica. Ali Jesus conheceu Seus discípulos Pedro, Tiago, André, João e Mateus, todos pescadores que trabalhavam no Mar da Galiléia.

Foi nesta região que Jesus também realizou  muitos de seus milagres, como o da cura do leproso e também pregou parábolas como a do joio e do trigo e da rede de pesca.

Acredita-se que as ruínas da sinagoga de calcário branco de cerca de 300 a.C. ficam no local da sinagoga original em que Jesus pregou durante Seu ministério na Galiléia.
Na foto abaixo é possível ver claramente a diferença entre as 2 sinagogas, sendo a parte de pedras mais escuras, a da época de Jesus.
Sinagoga branca, construída no local exato da Sinagoga de Jesus

A tradicional casa de São Pedro foi descoberta abaixo dos restos da igreja  octagonal bizantina. Uma nova igreja foi construída sobre o local, mas geralmente não está aberta à visitação.
 

Casa de São Pedro

Bem do lado da casa de São Pedro fica o famoso Mar da Galileia, que na verdade é uma lagoa de água doce de cerca de 20 km de comprimento por 13 km de largura. Seu principal afluente é o Rio Jordão.

Nas imediações de Tiberíades, a capital da Galileia e principal cidade nas suas margens, o Mar da Galiléia é o centro das atenções, tornando a cidade um verdadeiro balneário israelense, com famílias inteiras relaxando às suas margens.
 

 

Bem pertinho de onde estávamos, era a vez de visitamos Tabgha, cidade onde Jesus realizou o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes para alimentar a multidão que veio Lhe escutar ao pregar.

Igreja da multiplicação

Mas o nome Tabgha vem da distorção da palavra grega Heptapegon, que significa “Sete Nascentes”. No passado, sete nascentes se encontravam neste ponto e fluíam para o mar da Galiléia, mas hoje só restam 5.

A rocha em que o milagre da multiplicação ocorreu tem sido o altar de sucessivas igrejas, a primeira no século IV. A atração principal da Igreja é seu mosaico original bizantino, que fica na frente do altar e simboliza os pães e os peixes.

Durante todo o tour, fomos passando por outros lugares onde avistávamos montanhas de grande expressão e importância bíblica, como o Monte das Beatitudes, onde Jesus pregou o Sermão da Montanha : “Bem aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus…”(Mateus 5:3-10); o Monte da Tentação, onde Jesus se isolou e jejuou por 40 dias, sendo tentado pelo Diabo; o M

onte Tabor, onde Jesus se transfigurou e as colinas do Golan, situadas entre Jordânia, Líbano, Síria e Israel e muito disputada entre estes dois últimos países.

Ficheiro:Golan heights rel89-orig.jpg
Golã e a bandeira da Síria

Passamos também pelo vale de Armagedom, onde segundo a tradição, este será o local do Armagedon, onde a batalha final entre as forças do bem e do mal ocorrerá.

 

Mas, o momento mais emocionante desta viagem para mim foi, sem dúvida, o meu rebatismo no Rio Jordão.

O Rio Jordão foi o local onde Jesus foi batizado por João Batista. Devido à grande procura por peregrinos por lugares em que poderiam participar das cerimônias do batismo, o kibbutz Degania desenvolveu o Yardenit, um local com toda a infraestrutura necessária para o ato.

 
O Yardenit é o único local registrado de batismo para peregrinos. Todos os anos, meio milhão de turistas visitam o lugar.

Eu já sabia que iria ao Yardenit e creio que este foi um dos meus principais interesses pelo tour na Galileia: ser rebatizada no mesmo lugar que Jesus.
Claro que tudo tem uma parte turística. Temos que pagar USD 10,00 para alugar as vestes brancas para entrar no Rio e de quebra, ganhamos toalha e um certificado em branco, diga-se de passagem.

Mas é indescritível a emoção que temos naquele lugar. Eu entrei e comecei a respirar mais forte. Pedi a um padre que estava na água que me batizasse e sem perceber direito o que estava acontecendo, ele  faliu algumas palavras, afundou minha cabeça na água e pronto! Eu estava batizada! Foi uma sensação muito louca: não sabia se rezava, se agradecia, se prestava atenção no que ele falava; enfim, acho que fiz tudo ao mesmo tempo sem nem perceber. Foi, sem dúvida, um momento de forte emoção e  agradecia por mais esta dádiva de Deus na minha vida.
Momento do batismo…
Momento pós batismo…
De espírito renovado

O comércio no local é acirrado, principalmente de garrafinhas contendo água do rio, mas sem ter que pagar nada, a dica é encher sua própria garrafa de água e trazer de lembrança pra distribuir pros amigos. Eu trouxe duas. Uma está comigo, na minha casa e outra dei pro Padre da minha cidade, em Minas.

Alê batizando a si mesmo haha
As minhas impressões do tour foram muito boas, mas tour é tour, né?! Você acaba indo onde o guia quer, comendo no restaurante caro que ele quer, esperando gente que fica pra trás, enfim, um transtorno, mas este até que foi razoável, neste sentido. Foi uma forma prática, mas não barata, para se conhecer toda a região da Galileia.

PLANEJE SUA VIAGEM

Se você gosta das dicas do blog e se de alguma forma elas ajudam você a planejar sua viagem, ajude-nos a manter o site fazendo faça suas reservas através dos links abaixo, sem nenhum custo adicional. Clicando nestes links, você contribui para manter o site sempre no ar e não tem que pagar nada a mais por isso!

Reserva de Hotéis

Booking.com: é o site onde reservo praticamente 100% dos hotéis nas minhas viagens. Ele é super prático e na grande maioria das vezes disponibiliza reservas com cancelamentos grátis. Nele é possível selecionar os hotéis por categorias, preços, localização e comodidades! Clique neste link para reservar seu hotel.

Aluguel de Carros

Rentalcars.com: uma das maiores empresas de aluguel de carro no mundo, onde é possível comparar preços em diversas locadoras do mundo, dentre elas, as gigantes Hertz, Avis, Europcar, etc. As reservas geralmente são canceláveis gratuitamente, já que planos de viagem sempre podem mudar! Sempre reservo meus carros com a Rentalcars no mundo todo e super indico. Clique neste link para reservar seu carro com a RentalCars.

19 thoughts on “Israel: Um giro pela Galileia e meu rebatismo no Rio Jordão”

  1. Seus detalhes fazem da sua pagina algo muito rico de informaçoes e por isto otimo de visitar. Estou na jordania e amanha parto pra israel e minha tia pediu pra eu ver onde era o local do batismo ja q o rio atravessa toda a fronteira… Obrigado :)

    1. Olá, Walber, obrigada pelo seu comentário! Fico feliz…A parte do rio que tem o Batismo chama-se Yadernit. O melhor jeito de ir é reservando um tour com as empresas próprias, que partem de Tel Aviv e Jersualém, mas deve ter de Nazaré e outras cidades mais próximas. Divirtam-se!

  2. Que alegria ver essa postagem!! Fiquei muito feliz pelo seu batismo, e Deus te previlegiou hein? Se batizou no Rio Jordão, no mesmo lugar que Jesus.
    Sou evangélica e também já me batizei, se você olhar no dicionário, o significado de batizado é imersão. Esse é o verdadeiro batismo!!! Fiquei tão feliz, mas tão feliz por você!
    Ler seu blog sempre é uma aventura para mim e eu tenho certeza que essa viagem foi uma aventura para vocês também..

  3. Estou em Israel pela primeira vez. Li tudo que você escreveu.muito bom.estou viajando de onibus aqui e com facilidade tenho encontrado todos os locais que você escreveu. No Google maps eu encontrei o número de todas as linhas de onibus para viajar com baixo custo em Israel. Não vim por excursão e com o pouco de inglês que falo estou me saindo bem. Valeu.Tel aviv. Jerusalem. Massada. Mar morto.Tiberiades e mais. Lindo

    1. Que ótimo, Adilson! Feliz por você estar em Israel, este pais mágico! E mais feliz ainda pelo blog estar te ajudando a fazer tudo de forma autônoma. Beijos e curta muito sua viagem!

  4. Olá Carol,
    lindo declaração sobre estes momentos lindos de sua viagem. Você sabe informar se podemos ir ao Yardenit por nossa conta para realizar o batismo? Terão pessoas/padres para realizar o batismo lá? Precisa agendar previamente?
    Muito obrigado e parabéns.

    1. Olá, Gilberson, obrigada! EU acredito que possa ir sim por sua conta e lá na hora resolver o batismo mas não tenho certeza. Dá uma olhada no site deles. Abraços

  5. Oi Carol! Fiquei encantada com sua matéria sobre este tour! Estou passando por Jerusalém em fevereiro, queria saber se dois dias completos são suficientes para conhecer Jerusalem. Este tour que você fez durou um dia inteiro né? Pensei em outro dia para muro das lamentações, via Dolorosa, monte das oliveiras. Você acha que dois dias de passeio dá conta?

    1. Olá, Giu, obrigada! Eu recomendo 4 dias inteiros em Jerusalém, dedicando 1 dia a este tour, mas apertando um pouco, dá pra fazer em 3 dias. Menos que isso não recomendo! Beijos

  6. Olá Carol,
    Digo que “bebi ” e continuo bebendo muito das suas fontes de informações através dos seus roteiros pelo mundo. Acho no mínimo justo que, pessoas como eu que buscam blogs confiáveis como o seu (ter sorte de achá-los) em agradecer muitíssimo aos idealizadores pelo bom serviço com qualidade, paciência e boa vontade. A maior prova que tive da fidelidade do seu roteiro foi o da Croácia e Cinque Terrie que fiz juntamente com o meu companheiro em 2015. Tudo perfeito as rotas, os lugares que passamos, as dicas que sugeriu, etc. Muito obrigado . Boa sorte e que vocês continuem viajando mais e mais.

    1. Ah, esqueci de mencionar que estamos indo para Israel agora em setembro. Lógico já coletei muitas informações deste roteiro. Obrigado.

    2. Oi Marcos, você não sabe como seu comentário me deixou feliz! Desculpe só responder agora, o site estava em manutenção pra mudar o visual! Que bacana que as dicas do blog ajudaram! Com certeza com Israel não vai ser diferente. País incrível, você vai amar! Grande abraço! Depois me conte sobre Israel.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

  • A piscina fabulosa do @theedgebali por outro ângulo! Tem post no blog sobre minha visita nesta mega piscina, já viram? ➡️ www.viciosdeviagem.com #Bali #TheEdge #viciosdeviagemindonesia 📸 @golden_heart
  • Só em Koh Lipe, Tailândia 🇹🇭, a gente encontra uma praia destas só pra nós ❤️❤️❤️. Roteiro completo no blog ➡️ www.viciosdeviagem.com #Thailand #Tailandia #KohLipe #viciosdeviagemtailandia
  • O por do sol em Uluwatu, #Bali, é lindo tanto do alto quanto da praia , que por sinal no fim do dia, fica uma piscina 🏊‍♀️ ! Nós experimentamos assistir das duas formas e ambas são imperdíveis! 🌅 #Indonesia #viciosdeviagemindonesia
  • Padang Padang foi cenário do filme Comer, Rezar e Amar, estrelado por Julia Roberts... ao contrário de Uluwatu, esta praia não some na maré alta e é uma das praias mais parecidas com as nossas praias brasileiras! Saudade enorme de #Bali ❤️❤️❤️ #Indonesia #PadangPadang #ViciosdeViagemIndonesia
  • Quem foi que disse que #Bali tem praias feias? A ilha tem praias lindas, como Uluwatu, Balangan, Bingin e Padang Padang (foto)... Sonho o dia em voltar nesta ilha dos sonhos ❤️! No blog o roteiro desta viagem! #Indonesia #ViciosdeViagemIndonesia
  • Durante meus dias em #Bali, fui visitar a piscina do @theedgebali , de fundo de vidro a 182 m de altura dos penhascos de Uluwatu (na foto dá pra ver as rochas láaaa embaixo) No blog tem um post detalhado de como foi conhecer esta piscina que está dando o que falar... #theedgebali #oneeighty #infinitypool
  • O roteiro de 30 dias da minha última viagem pelo Sudeste Asiático está no blog, já viram? 📸: Maya Bay, Tailândia, Nov/17 ! #asia #thailand #tailandia #mayabay #phiphi
  • Retrospectiva 2017: em abril visitamos a África do Sul, um país pra lá de incrível, com ótima gastronomia, vinhos, belas paisagens, safaris e ótimos custos! Esta é a vista do topo da Table Mountain. No blog tem uma série de posts desta trip! #africadosul #capetown #viciosdeviagemafricadosul

Me Acompanhe no Instagram