Egito: o Old Market de Sharm el Sheikh

Para os que não querem voltar pra casa sem antes comprar algumas pirâmides do Egito, frascos de perfume ou uma estátua da Deusa Gata, o local é o Old Market, no centro de Sharm. Lá você vai encontrar todo tipo de tranquerinhas souvenirs, de gosto bastante duvidoso, é verdade! Eu juro que tentei achar algo bonito, pra levar de lembrança pros meus amigos e até mesmo pra mim, mas foi uma missão impossível! Vocês podem estar achando que estou exagerando, é a mais pura verdade, eu juro!!!
Bem, pra chegar lá, mais um pequeno stress com nossos amigos egípicios. Já quando pisamos do lado de fora do hotel, os taxistas vieram iguais abustres em cima da gente! Ignorei-os e perguntei pro rapaz da portaria qual era o transporte público que deveríamos pegar para irmos ao centro antigo. Eu sabia que tinha umas vans que faziam o trajeto de Naama bay a Old Town e vice versa, por 1 LE e queria essa! Mas imagina se eles iam permitir isto tão fácil, ainda mais nos vendo sair de um resort 5 estrelas?! Claro que eles paravam umas vans e o preço era 10 vezes mais! Virávamos as costas e os deixávamos falando sozinhos. Uma hora chegamos a entrar na van e descer. Nesse meio tempo, já tinha uns 3 rapazes do hotel à nossa volta pra tentar nos arrumar um táxi e eu dizendo pra eles “I don’t want a taxi; I want a bus!!” Até que chegou a um ponto que me irritei e falei pro carinha do hotel: “Eu quero ir do mesmo jeito que você vai, você vai de táxi? Ele disse: No, bus!!! Aí ele entendeu!

Bem, entramos eu e Alê numa van e sentei perto dos únicos 2 egípicios em toda a viagem que não quiseram tirar nenhuma vantagem de nós e ainda quiseram nos ajudar (ainda tem gente boa neste mundo!). Nos deram dicas de compras, de como pegar a van na volta e que a volta custava 2 LE. Disseram pra eu dar o dinheiro e sair andando, sem dar confiança pro motorista.
Chegando ao Old Market, não tínhamos trocado pra dar ao motorista e ele, claro, quis tirar proveito. Mas eu fiz uma cara tão feia pra ele, mas tão feia, que ele perdeu a graça e me deu o troco certinho, sem reclamar kkk. 

O Old Market é um amontoado de lojinhas e restaurantes bem simples ao redor de uma praça. Andei, andei e andei e não consegui achar nada interessante! Quanta coisa brega!!! Tá, tudo bem, tem uma coisinha ou outra que salva, mas a grande maioria…



Será que ela também caiu no golpe do camelo? 

Camelinho simpático!!
Pra dar uma animada na noite, ainda fui arrumar briga com um egípicio que dobrou o preço de uns chaveirinhos quando eu disse que não ia levar o kit de máscara e snorkel que eu apenas perguntei o preço e que, de 120 caiu para 60. Foi engraçado, mas acabamos batendo boca!!.

Mas nem tudo estava perdido. Saímos dali e fomos pro agito de Naama bay (próximo post), ver turistas, gente bonita, lugares badalados e procurar uma agência pra reservar nosso snorkelling no Ras Mohammed Park para o dia seguinte.
09
Jan
  1. Carol,
    Vim te conhecer por indicação da Silmara, do blog De Turista a Viajante e adorei estes posts do Egito! Já sei que não vou ter que fazer a pesquisa, que é o sonho da minha filha conhecer este lugar!
    Um grande abraço!
    Marcia

    Responder
  2. Olá, Márcia! Que bom que você gostou! É sempre um prazer enorme retribuir a ajuda que recebo também de outros blogs! O Egito é diferente de tudo, vale a pena conhecer, mas tem que se preparar psicologicamente e muuuito rsrsrs! Grande abraço!

    Responder